Uma vez por semana uma pessoa da cultura ou mesmo um colaborador do Gerador recomenda coisas para fazer em casa. Um filme, um livro, um disco, uma série, uma conta de Instagram e uma das nossas reportagens que vale a pena reler. Hoje é a vez do nosso Miguel Bica.

O Miguel é o diretor de produção do Gerador.  Gosta de fazer com que as ideias se tornem realidade, por mais loucas que possam parecer. Colaborou em festivais de cinema e foi gestor do projeto PTBluestation. Tem vindo, desde o seu início, a ver o Gerador crescer todos os dias. É aí que se dedica diariamente, de corpo e alma. Diz a toda a gente que é alentejano, apesar de não ser bem verdade.

Fica com as sugestões do Miguel, aqui:

UM FILME

Olhares, Lugares (2017), de Agnes Varda e JR

Fez este domingo um ano que a Agnes Varda nos deixou. Todos os seus filmes são eternos e obrigatórios. Numa altura em que os horizontes estão obrigatoriamente reduzidos, Olhares, lugares leva-nos a uma viagem com a própria Agnes e com JR, um artista plástico (e street artist). Um filme de cumplicidade.

UM LIVRO

Decameron (1353), de Giovanni Boccaccio

Em Florença, em isolamento devido à peste negra, um grupo de jovens conta 10 histórias por dia durante 10 dias… vale a pena ler.

UM DISCO

Morada (2019), Afonso Cabral

Porque é bonito.

UMA SÉRIE

The Mandalorian (2019), Disney+

Porque um dia o universo Starwars acasalou com um western e daí surgiu esta série.

UMA CONTA DE INSTAGRAM

@lonesometravelerproject, de David Cachopo.

Uma viagem fotográfica de Lisboa a Vik, na Islândia, pelo Google street view.

UMA REPORTAGEM DO GERADOR QUE VALE A PENA RELER

“Do Ministério da Cultura à Gulbenkian: os apoios às artes em tempos de pandemia”, um texto em constante atualização de Carolina Franco, Raquel Botelho e Ricardo Ramos Gonçalves

Voltamos para a semana com mais sugestões fresquinhas!

Fotografia da cortesia de Miguel Bica
gerador-sugestões-residentes-miguel-bica