Estreia no dia 21 de março nas salas de cinema português Uma Criança como Jake,  um filme de Silas Howard que conta a história de Jake, um menino de 4 anos que não se identifica com as normas associadas ao seu género. A propósito da estreia, o UCI El Corte Inglês recebe três sessões especiais para refletir o tema,  organizadas pela associação cultural Zero em Comportamento e pela Alambique, a distribuidora do filme.

A longa metragem mostra a reação de Alex e Greg, os pais de Jake, quando a diretora do jardim de infância lança a hipótese de a preferência de Jake por contos de fada e princesas da Disney não ser apenas uma fase, que acaba por os fazer repensar no seu papel enquanto pais. 

Trailer do filme 

No dia 15 de março às 21h30 Daniel Sampaio, psiquiatra e escritor, vai dar a palestra “A aceitação da diferença e o papel dos pais e da escola”, apresentada por Rui Pereira da Zero em Comportamento. No dia 16 à mesma hora um painel com duas convidadas e uma moderadora — Rita Castanheiro Alves, responsável pelo projeto Psicóloga dos Miúdos, e Manuela Ferreira, Vice-presidente da Amplos- Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual e Identidade de Género, como oradoras, e Alexandra Neves da Silva, da plataforma Nheko, enquanto moderadora —denominado “Filhos: Expectativa vs Realidade”. 

A terceira e última conversa, “Como lidar com a diferença na Escola?”, é moderada por Rui Pereira da Zero em Comportamento e conta com as oradoras Catarina Rêgo Moreira, psicóloga clínica da CasaQui, Elisabete Xavier Gomes, presidente do conselho de direção da Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich, e Susana Alberto, educadora de infância e membro da direção da Associação de Profissionais de Educação de Infância. 

Os bilhetes para as conversas encontram-se à venda nas bilheteiras e no site do UCI El Corte Inglês, três dias antes de cada sessão.

Texto de Carolina Franco
Frame de Uma Criança como Jake (2018), de Silas Howard

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.